Tag: Controle de estoque

Organize seus produtos, tenha um bom controle de estoque, só assim você evita acúmulo ou a falta de produtos.

Com orçamento limitado é necessário um bom planejamento para obter um melhor aproveitamento dos recursos. Isso não é complicado e também não tem custo, basta dedicação.

O responsável financeiro precisa saber o que está acontecendo sempre, para isso:

  • Registre em fichas de estoque a quantidade, o custo unitário e o custo total das mercadorias/ produtos vendidos;
  • Periodicamente, confirme se o saldo apurado na ficha de estoque “bate” com o estoque físico existente na empresa;
  • Calcular na ficha de estoque o saldo em quantidade, custo unitário e custo total das mercadorias/ produtos que firacam em estoque.

Recomendações:

  • O controle de estoque eficiente das entradas e saídas de materiais deve ser obrigatório e cobrado de forma rígida;
  • Todas as entradas e saídas devem ser anotadas em fichas ou em sistema informatizado, conheça o Pedidos.Cloud;
  • Qualquer saída de estoque deve ser acompanhada de requisição de saída.
  • Não permitir a retirada de mercadorias ou materiais sem a devida identificação de quem retirou.
  • Implantar o Inventário Rotativo. Nesse sistema, diariamente são escolhidos alguns itens para serem contados. As diferenças encontradas deverão ser comunicadas e investigadas.
  • Todo processo de movimentação de estoque deve ser estabelecido por meio das Normas de Entrada e Saída de Estoque.

Com as informações sobre tudo o que está saindo, o gestor pode calcular o giro das mercadorias de forma organizada. Isso vai ser útil em futuras compras da empresa e vai ajudar a melhorar o aproveitamento do capital de giro da empresa. Além disso, obtém-se a segurança de que as mercadorias são realmente utilizadas e não desviadas.

Ficha de estoque

Para te ajudar nessa organização, o Sebrae preparou um modelo de ficha de estoque. Ela pode ser física ou digital e tem o objetivo, justamente, em catalogar a entrada e a saída das mercadorias do estoque.

controle-de-estoque

Os registros de entrada devem ser feitos no recebimento das mercadorias, a partir da própria nota fiscal ou em uma nota de recebimento. Já os registros de saída devem ser feitos a partir da requisição de mercadorias emitidas pelos usuários

Sempre acompanhe as dicas do Sebrae!